VINTSET

Arquitetos: Angatu

Localização: Vitória // Brasil

Área: 44 m²

Ano: 2016

Status: Concluída

A bagunça organizada da Vintset faz com que qualquer pessoa se sinta extremamente à vontade na loja. Seus proprietários encomendaram o projeto para dar à cidade um local de trocas culturais e experiências diversas. Dessa maneira, o projeto foi concebido para dar protagonismo aos seus usuários e não à própria arquitetura.
Localizada no centro da Praia do Canto, bairro de Vitória – ES, o nome da loja foi um dos principais pontos de contato com as proposições para sua arquitetura. ‘Vintset’, além de fazer alusão ao código de área da Grande Vitória (27), faz conexão com duas outras palavras: vintage e set. Considerando que experiências para existirem precisam ser locadas em tempo e espaço, vintage e set fazem alusão a ambas essas caraterísticas, respectivamente. Vintage remete a temporalidade e linha do tempo. Set faz com que a loja tenha conexão com sets de filmagem, local em que essas histórias podem acontecer. É como se a loja fosse um backstage em que os objetos a venda fossem parte do que não está no campo de visão da câmera. Como foi dito acima, o protagonismo é das pessoas e não do espaço!
Com o slogan “reduto capixaba cosmopolita”, a Vintset é uma experimental store que nasceu com o intuito de ser um local capaz de reunir designers, estilistas e novos produtores que gostariam de expor seus produtos. O conceito ‘experimental store’ dá a oportunidade de um novo fornecedor experimentar o mercado antes de se aventurar na abertura de uma loja própria. Isso faz com que a Vintset seja uma loja colaborativa que pode vender diversos tipos de produtos: roupas, escovas de dente, cremes para barbear, sapatos, câmeras antigas, cervejas artesanais, tabacaria, etc. Em paralelo a isso, a loja também é palco de eventos semanais de diversas naturezas como flash days de tatuagem, foodtrucks convidados e apresentações de cantores capixabas.
Quanto à materialidade, não há revestimentos de acabamento fino na loja. Isso porque não há o intuito de que os clientes sintam receio ao usar o espaço. Além disso, toda a madeira foi reaproveitada da loja antiga e a serralheria foi projetada para dar sensação dos fios caídos de um set de filmagem. A parede de bloco recortada em diagonal e apenas um lado dela acabado faz, novamente, alusão ao set, como se o cenário só precisasse ser montado dentro do ângulo de captura da câmera.